O poder da Palavra – Episódio de hoje: Queridas visitas

bbbb

Dando continuidade à nossa série, vamos ao episódio da vez…

Em um domingo desses, minha mãe estava em casa, quando seu celular tocou… Eram alguns parentes dela que moram em outro estado e estavam chagando para passar o dia em casa (na cabeça deles, é super normal, avisar assim em cima da hora, mas tudo bem, afinal seria só um dia! (Note que eu disse… “seria” … porque não foi).

Não são parentes muito próximos sabe, mas minha mãe com toda a sua hospitalidade, resolveu convidá-los para passar a noite… e para a minha surpresa, eles aceitaram.

Preparamos tudo e fizemos o nosso melhor para eles. O problema é que deduziram que o convite UMA noite para descansar de viagem, fosse na verdade um aval para ir ficando quando tempo quisessem de férias. =o

Saíamos de casa pela manhã e eles estavam lá, voltávamos a noite e eles estavam lá… Convenhamos, é muito bom rever a família, conversar e tudo mais, no entanto tudo em exagero, não é legal!

Por mais próximas e educadinhas que sejam as visitas, você não fica totalmente à vontade. Pelo menos eu não fico!

Depois de alguns dias, enquanto eu ficava na expectativa de ouvi-los falar que estavam indo embora, eles faziam planos para os fins de semana (o que, fazendo um cálculo mental rápido, dava a entender que eles ainda pretendiam ficar alguns bons dias lá em casa).

Eu não estava acreditando…

Fui para o meu quarto e antes de dormir falei baixinho: “Eu não sei o que vai acontecer, mas amanhã quando eu chegar do trabalho, não vai ter mais nenhuma visita aqui!”

No dia seguinte, acordei e fui para o trabalho… E quando cheguei, voilà, não tinha mais ninguém!

Nem deu tempo de me despedir (Podia ter considerado isso no que havia determinado na noite anterior, mas nem me lembrei…rs)

Minha mãe contou  que surgiram alguns conhecidos dele, sabe lá Deus de onde, e quando ela acordou, eles já estavam com as malas prontas para irem para casa dessas pessoas.

Não é por mal, não. Enquanto estiverem em casa, fizemos o nosso melhor, mas ufa… Respirei aliviada!

Na maioria das vezes, precisamos determinar o que queremos que aconteça e nos manter perseverantes com a certeza de que aquilo vai acontecer (Confira o post “Deu B.O, e agora?” dessa série). No entanto esse caso foi corriqueiro, simples e rápido… Talvez você ache isso pura coincidência, mas eu creio no poder das palavras que saem da nossa boca.

Quando começamos usar esse poder, estamos exercitando a nossa fé.

“E o Senhor fez conforme a palavra de Moisés.”  Ex. 8:13

Faça o teste também. Comece a colocar isso em prática!

#FicaaDica

Anúncios

2 comentários em “O poder da Palavra – Episódio de hoje: Queridas visitas

  1. Bacana! Também não acredito que tenha sido coincidência. A gente subestima o poder de determinar as coisas, até mesmo nessas coisinhas pequenas, só que se for pensar bem, a gente determina coisa ruim com bastante frequência, né? Já espera o que a gente não quer, determina e fica chateada quando acontece…rs.

    Vamos praticar isso todos os dias, fazendo um esforço consciente para que nossas palavras colaborem com aquilo que queremos!

    Beijos!

  2. A palavra tem poder e eu acredito nisso. Como você mostra com seu próprio exemplo, se determinamos algo assim ela se sucede. É um alívio saber que podemos contar com o poder delas, pena que muitos não sabem disso! Usamos mais elas falando coisas negativas do que positivas, é bom tomarmos cuidados com isso, sempre.
    Ótimo post, Ana!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s